Utilizar o FGTS para compra de imóvel: regras
Voltar para o blog

Utilizar o FGTS para compra de imóvel: regras


O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço é uma das formas mais comuns que se usa para comprar um imóvel e realizar o sonho da casa própria!

O valor é cumulativo pelos anos de trabalho e contribuição e pode ser retirado após o tempo mínimo de três anos em caso de demissão sem justa causa, diagnóstico de câncer ou para a compra de imóvel. Isso pode ajudar e muito na hora de quitar o pagamento total (caso seu valor seja alto) ou como valor de entrada que pode diminuir os juros das parcelas e o valor de financiamento.

Porém, existem regras e condições para que seja possível sacar seu FGTS:

  • Você não poderá retirar seu Fundo se não tiver 3 anos mínimos de contribuição; se existir outro financiamento no Sistema Financeiro de Habitação em seu nome; se você for dono, promitente comprador, usufrutuário ou cessionário de qualquer imóvel residencial na cidade; em caso do uso do valor para quitar o financiamento, as parcelas não podem estar atrasadas; se for para quitar uma dívida de outra pessoa que não o titular do benefício em contrato.

  • O imóvel deve ter as seguintes condições: ser residencial em seu fim e estar em área urbana; a finalidade de moradia tem de ser o titular; se for um terreno ou em construção, ele não pode ter sido comprado também com o valor do FGTS nos últimos três anos; para a aprovação do uso do valor, o imóvel será vistoriado e deverá estar plenas condições de habitabilidade e sem qualquer tipo de vícios de construção; estar matriculado no RI competente e sem registro de gravame que resulte em impedimento à sua comercialização; segundo o Banco Central, neste ano começou a valer o valor máximo de imóvel de até R$ 1,5 milhão para uso do FGTS.

  • A documentação apresentada deve constar: documento oficial de identificação; extrato de conta vinculada ao FGTS; carteira de trabalho para comprovar o tempo de trabalho sob o regime do FGTS; se você é trabalhador avulso, declaração do órgão gestor da mão de obra ou do sindicato; declaração de Imposto de Renda Pessoa Física - DIRPF; no caso de trabalhador casado ou em união estável, apresentar a DIRPF de ambos os cônjuges/companheiros.

Pronto para adquirir sua casa própria? Qualquer dúvida, entre em contato conosco!

Outros posts

  1. REGULAMENTO PROMOÇÃO DIA DOS PAIS

    REGULAMENTO PROMOÇÃO DIA DOS PAIS

    INFORMAÇÕES GERAIS: 1.1. A promoção alusiva ao dia dos namorados do mês de Junho de 2020 é promovida pela LUIZ COELHO IMÓVEIS, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 107946170...

  2. Alugue com tranquilidade: 5 dicas para você escolher o apartamento ideal

    Alugue com tranquilidade: 5 dicas para você escolher o apartamento ideal

    Se você está mudando de cidade para estudar ou trabalhar, sabe que sempre surge aquela dúvida profunda do que considerar ao escolher um apartamento para morar. Se você já conhece a cidade ou já foi vi...

  3. Aluguel: condições legais e aumento do valor

    Aluguel: condições legais e aumento do valor

    O conceito legítimo de aluguel é uma contraprestação paga pelo locatário ao locador em virtude da utilização do imóvel por determinado período de tempo, complicado, né? Por isso viemos explicar alguma...

Aluguéis Centro

Aluguéis
55 3222-1273
Plantão Aluguéis
55 99618-8900
Plantão Aluguéis
55 99651-2225

Agência Camobi

55 3219-1886
Plantão de Vendas
55 99622-7670

Vendas Centro

Vendas
55 3222-5578
Plantão Vendas
55 99975-6677
Plantão Aluguéis
55 99618-8900

Aluguéis Centro

Plantão Aluguéis
55 99618-8900
Plantão Aluguéis
55 99651-2225

Agência Camobi

Plantão de Vendas
55 99622-7670

Vendas Centro

Plantão Vendas
55 99975-6677
Plantão Aluguéis
55 99618-8900