Tudo o que você precisa saber sobre financiamento de imóvel!
Voltar para o blog

Tudo o que você precisa saber sobre financiamento de imóvel!


Financiamento de imóvel é uma das formas mais utilizadas para conquistar o sonho da casa própria ou investir seu dinheiro em um patrimônio seu. Muitas dúvidas aparecem nesse processo e por isso conversamos com o Maurício Eckert, sócio proprietário da T&M Consultoria de crédito, para esclarecermos as maiores questões sobre financiamento.
Confira a entrevista com ele!


Para imóveis acima de R$ 190.000, qual a melhor forma de entrada para tornar a parcela mais acessível?


Aos imóveis acima de R$190 mil a Caixa oferece o financiamento pela linha de Crédito SBPE. Atualmente é possível que o cliente opte pela amortização pela tabela PRICE, onde as prestações são fixas do início ao término do contrato, dessa forma a prestação se torna mais acessível. 


É obrigatório ter pelo menos 10% do valor do imóvel novo e 20% para imóvel usado para poder realizar o financiamento?


Sim. A Cota de financiamento imobiliário da Caixa é de 90% para financiamento de imóvel na planta (SBPE) e 80% para financiamento de imóvel na planta (FGTS), novo, usado e aquisição de terreno e construção. Lembrando que da cota de 10% ou 20% o cliente pode optar por usar o seu FGTS para compor parte ou o valor total da entrada.


Qual a diferença entre o Sistema Financeiro de Habitação (SFH), o financiamento diretamente com a construtora, a carteira hipotecária e o Sistema Financeiro Imobiliário?


O SFH é exclusivo para financiamento de imóveis residências, já o SFI engloba imóveis comerciais e lotes urbanizados. A Carteira hipotecária não se trata de modalidade de crédito, mas sim uma designação genérica para qualquer operação feita no SFI. O financiamento direto com o construtor é uma modalidade de financiamento particular, incidindo juros e correções contratadas por instrumento particular;


O seguro imobiliário de financiamento é obrigatório?


Seguro habitacional é obrigatório no financiamento de imóveis. O seguro habitacional é uma garantia fundamental para o crédito imobiliário, com benefícios para as partes envolvidas. Garante que a família permaneça com o imóvel na falta da pessoa que fez o empréstimo, por morte ou invalidez permanente.  


Como se calculam os valores das parcelas do financiamento? é de acordo com o valor da entrada ou com o número de parcelas?


O cálculo das parcelas está diretamente vinculado a fatores como idade (variação do seguro MIP), sistema de amortização (PRICE e SAC), valor de financiamento e entrada e prazo de financiamento. O cliente pode optar pelo prazo que desejar, limitado ao máximo de 360 meses para MCMV/FGTS e 420 meses para SBPE;



Como funcionam os juros das parcelas do financiamento?


Os juros são calculados mês a mês, variando conforme o saldo devedor e o prazo remanescente, por isso, quanto menor o prazo entre a contratação e a liquidação do contrato, menor serão os juros pago pelo financiamento tomado; 


Qual diferença entre Tabela Price e SAC?


O sistema SAC caracteriza-se por amortizar (diminuir) um percentual fixo da dívida desde o início do financiamento. Ou seja: na composição total da parcela paga mensalmente, o valor correspondente ao pagamento da dívida permanece constante, enquanto o valor correspondente ao pagamento de juros diminui progressivamente. Quando utiliza a tabela Price, o financiamento é composto por parcelas iguais, do início ao fim. Com esse sistema, o valor pago a cada parcela é usado praticamente para saldar juros, diminuindo muito pouco o saldo devedor, no início do contrato, sendo a amortização maior no final do prazo de financiamento.


Pode se abater a dívida antes do prazo total do financiamento? 


Sim, a qualquer tempo. A amortização pode ser feita com recursos próprios ou com FGTS (observando as regras de utilização);


O que acontece em caso de atraso nas parcelas do financiamento?


Pelo instrumento jurídico da alienação fiduciária, a Caixa, enquanto credora, pode consolidar a propriedade caso haja mais de 90 dias de atraso. 


É legal revender imóvel quando este ainda não foi quitado no financiamento?


É legal mas o adquirente nessas condições precisa cotar um novo financiamento, para liquidar o financiamento do proprietário do imóvel em questão ou quitá-lo. Recomendamos que o mesmo procure a T&M para cotar o novo financiamento.


Nós, na Luiz Coelho Imóveis oferecemos o melhor para você e seu bolso, sempre, com cuidado e segurança! Temos parcerias com agentes bancários e acompanhamos você do início ao fim do processo de compra. 

Outros posts

  1. Guia ilustrado para comprar a casa própria

    Guia ilustrado para comprar a casa própria

    Adquirir um imóvel é um grande passo, e nada mais natural do que conferir tintim por tintim os prós e contras de cada imóvel visitado, né!? Por isso trazemos um...

  2. Perfil de led de 7 m marca a entrada do apartamento

    Perfil de led de 7 m marca a entrada do apartamento

    Com paredes e forro revestidos de carvalho-americano, o hall teve a luminotécnica projetada junto à arquitetura Com paredes e forro revestidos de carvalho-americano, o hall teve a luminotécnica...

  3. Lançamento: Residencial Gabro

    Lançamento: Residencial Gabro

    Endereço: Rua Visconde de Pelotas, Bairro Nossa Senhora de Fátima. Santa Maria - RS Detalhes do Imóvel 2 Dormitórios 1 Banheiro 1 Vaga 99 m² Área útil Características Alto...

Vendas Centro

Vendas
55 3222-5578
Plantão Vendas
55 99975-6677

Aluguéis Centro

Aluguéis
55 3222-1273
Plantão Aluguéis
55 99618-8900
Plantão Aluguéis
55 99651-2225

Agência Camobi

55 3219-1886
Plantão de Vendas
55 99622-7670

Vendas Centro

Plantão Vendas
55 99975-6677

Aluguéis Centro

Plantão Aluguéis
55 99618-8900
Plantão Aluguéis
55 99651-2225

Agência Camobi

Plantão de Vendas
55 99622-7670
|